*******THE CLONE C.RONALDO TWINS*******

they are only one we twins borther RONALDO CRAQUE 7

Sunday, February 25, 2007


cristiano ronaldo twins clone 7



Cristiano Ronaldo deu a vitória ao Manchester United ao apontar o segundo golo frente ao Fulham, uma vitória que deixa o internacional português orgulhoso."Foi muito duro para nós. O Fulham jogou muito bem e já sabíamos que este ia ser um campo difícil, até porque é bastante pequeno. Não fizemos uma exibição fantástica mas jogámos sempre como equipa, e há alturas em que o mais importante não é a beleza do futebol mas a eficácia que se consegue", disse Cristiano Ronaldo em declarações à estação britânica BBC.O internacional português contou ainda como fez o golo: "Quando passei pelo segundo jogador percebi que tinha espaço e fui direito ao último defesa. Procurei driblar para dentro e depois consegui um bom golo. Foi importante para a equipa e estou orgulhoso por isso."O camisola 7 dos "red devils" desvenda ainda porque foi festejar ao banco o golo, que foi efusivamente comemorado por todos: "Fui direito ao Gabi (Heinze) porque antes do jogo ele disse-me que eu ia marcar. Mas acabei por festejar com todos os outros, porque toda a gente estava feliz. Sabíamos que já só faltavam dois ou três minutos."E concluiu: "Este avanço de nove pontos é importante, mas temos de continuar assim. A confiança é muito grande e toda a gente acredita que podemos chegar ao título."


O Manchester United teve ontem uma deslocação bem difícil ao terreno do Fulham, e só um golo do outro mundo de Cristiano Ronaldo salvou a tarde para os líderes, que se podem gabar da proverbial estrelinha para saírem vitoriosos de uma partida em que o empate lhes seria lisonjeiro.McBride abriu as hostilidades aos 17' para os anfitriões, chutando para a baliza deixada deserta pela saída extemporânea de Van Der Sar, mas Giggs empataria aos 29', com alguma sorte no remate, pese embora o sinal mais pertencer sempre aos homens da capital inglesa.O homem do jogo era, até final, o guarda-redes holandês dos red devils, que se ia redimindo brilhantemente teda fífia que deu no golo impedindo o merecido golo do Fulham, até que Cristiano Ronaldo resolveu destroná-lo... e de que maneira!Aos 88' de uma partida intensamente física, o n.º 7 arrancou de meio-campo, fintou os dois contrários que conseguiram ir-lhe ao encontro no flanco esquerdo e chutou na área de pé direito entre dois defesas, com a bola a tocar ainda num terceiro antes de entrar na baliza de Lastuvka!Um golão de levantar o estádio a garantir os 3 pontos e a mesma distância de vantagem para o Chelsea na tabela, para gáudio de Ferguson, Queiroz e C.ª.



Um golo «traiçoeiro» de Ryan Giggs ofereceu uma vantagem preciosa ao Manchester United no Estádio Félix-Boulaert, a casa emprestada ao Lille pelo Lens, no jogo da primeira mão dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Um jogo em que Cristiano Ronaldo, muito marcado, não chegou a «aparecer» e que foi, durante muitos minutos, dominado pela equipa francesa atrelada à inspiração do nigeriano Odemwingie.Entrou melhor a equipa francesa, a baralhar os ingleses com um futebol curto e bem apoiado a quebrar a velocidade a que a equipa de Manchester está habituada na Liga Premier. Logo aos dois minutos Odemwingie escapou a Gary Neville e cruzou da esquerda para Fauvergue desviar de cabeça por cima da trave. O domínio francês manteve-se até ao minuto 19, altura em que Paul Scholes, com uma excelente abertura pela zona central, ofereceu a Wayne Ronney a primeira oportunidade da equipa de Alex Ferguson.Cristiano Ronaldo, com Tafforeau à sua frente e Makoun em pressão constante demorou a aparecer, apesar do Manchester ter começado a pegar no jogo no último quarto-de-hora do primeiro tempo. Mas foi o internacional português que teve a melhor ocasião da primeira parte quando, aos 41 minutos, Giggs escapou pela direita e cruzou para Wayne Rooney atirar com contra Tony Silva. A bola sobrou para Cristiano Ronaldo que, com muitas pernas pela frente, acertou nas de Debuchy. Apesar de estar em visível quebra, a última palavra pertenceu aos da casa, com Bodmer, à entrada da área, atirar a rasar o poste da baliza de Van der Sar.A segunda parte prosseguiu com o domínio do Manchester a acentuar-se, com a equipa inglesa a provocar perigo sempre que conseguia carregar no acelerador. Wayne Rooney deu o exemplo, com uma arrancada do meio-campo em corrida, a passar por três jogadores do Lille, dois deles que lhe passaram à frente em carrinho, antes de cruzar, já na área, à procura da entrada de Ryan Giggs que chegou um tudo nada atrasado para um desvio que certamente resultaria em golo. Um exemplo que Cristiano Ronaldo seguiu poucos minutos depois, ganhando uma bola em velocidade para depois atirar contra o corpo de Tony Silva que veio ao seu encontro.Giggs marca sem avisarDois lances que despertaram o Lille que voltou a pegar no jogo que teve perdido por largos minutos. Os franceses voltaram a impor o futebol ao estilo continental, mantendo a bola em seu poder e cercando a área de Van de Sar. A equipa do norte de França chegou a marcar um golo quando Odemwingie entrou de rompante na área e desviou de cabeça para as redes, mas o árbitro Eric Braamhaar considerou que o avançado nigeriano carregou sobre as costas de Vidic e não validou o golo que os franceses tanto festejaram. Cristiano Ronaldo, muito apagado, acabou rendido por Louis Saha aos 67 minutos.O Lille, com Odemwingie e Bodmer sempre em destaque, estiveram mais perto do golo, embora Larsson tenha desperdiçado uma oportunidade soberana para bater Tony Silva num rápido contra-ataque. Quando parecia que o resultado ia ficar em branco, o experiente Ryan Giggs marcou e lançou a confusão. Foi na sequência de um livre frontal, quando o guarda-redes do Lille estava encostado a um poste a dar as últimas indicações para a «barreira», e o galês, sem esperar pela autorização do árbitro, atirou a contar paras as redes vazias. Um pontapé que gerou intensos protestos da parte dos franceses, a que o juiz holandês fez ouvidos moucos, uma vez que não é obrigado a apitar para a marcação de uma falta.O Manchester United parte, assim, em vantagem para o segundo jogo, marcado para o próximo dia 7 de Março, para o Teatro dos Sonhos, em Old Trafford. in ronaldonews TEAM ROLDAO

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home